Lipoaspiração

ambém conhecida como lipoescultura, a lipoaspiração remodela áreas específicas do corpo, removendo o excesso de depósitos de gordura, melhorando os contornos do corpo e a proporção.
Apesar de boa saúde e da prática de exercício físico, algumas pessoas podem, ainda, ter um corpo com contornos desproporcionais devido a depósitos de gordura localizada. Estas áreas podem ocorrer devido a características genéticas, à falta de controle do peso ou de atividade física. A lipoaspiração pode ser usada para tratar acúmulos de gordura em várias partes do corpo, incluindo coxas, braços, pescoço, cintura, costas, parte medial do joelho, peito, bochechas, queixo, pernas e tornozelos. Em alguns casos, a lipoaspiração é realizada isoladamente, em demais casos, ela é usada com procedimentos de cirurgia plástica tais como o facelift, a redução de mama ou a abdominoplastia.

A lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade e não substitui a prática de exercício físico e bons hábitos alimentares. Indivíduos com áreas de gordura no corpo e que se exercitam regularmente são os melhores candidatos a este procedimento.

• Cicatrizes desfavoráveis,
• Sangramento (hematoma),
• Acúmulo de líquido (seroma),
• Riscos anestésicos,
• Má cicatrização,
• Necrose da pele,
• Dormência ou demais alterações de sensibilidade da pele,
• Assimetria,
• Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado,
• Queimadura causada pelo ultrassom – técnica de lipoaspiração assistida por ultrassom,
• Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões,
• Dor, que pode perdurar,
• Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares,
• Fios de sutura podem espontaneamente emergir na pele, tornando-se visíveis ou causar irritação que exija sua remoção,
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

Se você está incomodado com o excesso de acúmulo de gordura – localizado em qualquer lugar de seu corpo – e não vê resultados positivos com dieta ou prática de exercício físico, a lipoaspiração pode ser indicada para você.
Candidatos ideais à lipoaspiração são
• Adultos, com 30% do seu peso ideal, que têm a pele firme e com bom tônus muscular,
•Indivíduos saudáveis que não tenham doença com risco de vida ou condições médicas que possam prejudicar a cicatrização,
• Não fumantes,
• Indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico,
• Indivíduos determinados a seguir as recomendações do cirurgião plástico.

Malha de compressão ou bandagens elásticas são colocadas nas áreas tratadas na finalização do procedimento, pois ajudam a controlar o inchaço e a comprimir a pele.
Ademais, um pequeno dreno pode ser colocado nas incisões existentes por debaixo da pele para remover qualquer excesso de sangue ou de fluido.

O inchaço causado pela cirurgia desapareça após alguns meses. Quando o inchaço desaparecer, o novo contorno corporal será visível. Seguir algumas recomendações fará com que você mantenha os resultados obtidos inicialmente com a lipoaspiração, ou seja, é preciso manter peso adequado e adotar um estilo de vida saudável. O ganho de peso pode reverter os resultados.