Prótese de Glúteo

Enquanto as mamas são a região de maior interesse para os americanos, a região dos glúteos é muito admirada pelos brasileiros.

Para harmonizar o contorno da região glútea, podemos fazer a lipoaspiração da região em volta dos glúteos, associada ao seu aumento.

O aumento do bumbum e a melhora de flacidez são possíveis através de:

  • Enxerto de gordura
  • Implante de silicone
  • Ambos

Nas situações em que ocorre perda de peso significativa, por exemplo, e a nádegas ficam murchas e caem um pouco, ou quando o paciente não possui gordura suficiente para conseguir o resultado esperado com a enxertia de gordura, o implante de silicone é recomendado. A consistência do bumbum com implante é levemente mais dura em relação a quando se usa gordura. Em alguns casos, é comum a associação de prótese de glúteo com enxerto gorduroso.

Após o implante de silicone no glúteo, o paciente não poderá tomar injeção na região.

Dúvidas Frequentes

Existem dois formatos de implantes: o modelo redondo e o modelo “quartzo”, sendo que a indicação dos modelos depende do biotipo do paciente.

O modelo redondo tem todos os diâmetros iguais e o modelo “quartzo” ou anatômico é alongado e tem um polo maior que o outro. Esse polo maior pode ser posicionado para cima ou para baixo, dependendo do que é desejado. Ambos os implantes poderão ser lisos ou texturizados.

Ainda que mais baratos, não é recomendado que essa cirurgia seja realizada utilizando implante de mamas, já que eles são menos resistentes. O implante ideal deve suportar o peso do paciente quando ele senta, corre, anda ou faz musculação. Tanto o gel quanto a cápsula do implante de glúteo são mais resistentes à ruptura e extravasamento.

Assim como a prótese de mama, a de glúteos também precisa ser trocadas de tempos em tempos devido ao desgaste natural do implante. O momento certo de realizar essa troca se dá quando ocorre uma ruptura ou contratura, identificadas na mudança de forma e consistência na região. Ela acontece, normalmente, depois de décadas de cirurgia.

É recomendado atenção especial com a ferida operatória, além de repouso rigoroso da região por uma semana e o uso de malha modeladora por 2 meses. Nos 7 primeiros dias após a cirurgia, é indicado que o paciente durma de barriga para cima. Após esse período ele pode sentar em travesseiros e deitar de lado. Dirigir é liberado apenas a partir do 14º dia.

O dreno é retirado no 2º dia e os pontos retirados em 14 dias.

Toda cirurgia tem risco e pode ter complicações!

Na tentativa de minimizar os riscos, vários exames são solicitados antes da cirurgia, o procedimento deve ser realizado em bom hospital com cirurgião plástico qualificado e equipe treinada.

Mesmo que raros, os riscos existem e envolvem hematoma, infecção, problemas com anestesia e extrusão de implante.

Para mais informações sobre o aumento de glúteo, agende a sua consulta.

Entre em contato e marque sua consulta:

(31) 9 9510-9439

Centro Técnico:
Rua Grécia, 54 – Eldorado – Contagem – MG